fbpx Skip to main content

Fintech é uma palavra que tem ganhado as notícias e o gosto das pessoas. Mas o que é fintech, afinal?

Há diferentes respostas a essa questão. Para o público em geral, significa menos burocracia e maior acesso aos serviços financeiros.

Enquanto isso, para as empresas, fintech é sinônimo de inovação no mercado financeiro. Aliás, também é uma oportunidade de vender mais.

A seguir, vamos explicar o que é uma fintech e quais soluções oferecem. Mais ainda, vamos destacar a solução de compras parceladas no boleto que ajuda nas vendas do e-commerce. Acompanhe a leitura!

Foto colorida de homem usando um exemplo do que é uma fintech no laptop. A tela mostra gráficos financeiros.Então, o que é fintech?

O significado de fintech vem da junção de duas palavras em inglês: financial e technology. Isto é, financeiro e tecnologia. Em resumo, é uma empresa que oferece serviços financeiros ao público com foco no digital.

Já o Banco Central do Brasil tem uma definição mais ampla. “Fintechs são empresas que introduzem inovações nos mercados financeiros por meio do uso intenso de tecnologia”, diz o BC. E ainda por cima destaca o potencial para criar novos modelos de negócios.

As fintechs podem ser úteis de vários modos. Atuam por meio de bancos digitais, carteiras virtuais, investimentos, controle financeiro, empréstimos, seguros, meios de pagamento etc. Só os bancos digitais já têm mais de 82 milhões de contas, segundo o portal Poder 360.

Entretanto, fintechs como a BoletoFlex permitem que cada pessoa tenha o poder de transformar sua vida. E como faz isso? Por meio de crédito instantâneo para compras parceladas no boleto. Assim, o cliente tem maior poder de compra a prazo, sem precisar de cartão.

— Percebemos que muitos brasileiros não podem fazer parte da economia digital — relata Célio Ikeda, cofundador e diretor operacional da BoletoFlex. — Mas, com a nossa solução, possibilitamos que consumidores e varejistas realizem transações de pagamentos rápidas, justas e disruptivas.

Então, o verdadeiro significado de fintech vai muito além do que ela faz. Também se refere ao que ela permite. É uma alternativa a processos engessados que excluem milhões de brasileiros dos serviços financeiros.

Foto colorida de mulher negra atrás de um laptop. Ela está feliz porque agora tem acesso a serviços financeiros por causa de uma fintech.Vantagens que uma fintech oferece

No Brasil há 152 milhões de usuários de internet, revela a TIC Domicílios 2020. Além disso, são 234 milhões de smartphones em uso no país, segundo pesquisa do FGVcia.

Essa navegação móvel mudou a forma como as pessoas se relacionam com serviços em geral. Hoje, a expectativa é por: praticidade, rapidez, personalização e poder resolver tudo em poucos toques.

São essas as vantagens que uma fintech oferece, dentro do seu segmento.

Cada fintech usa a tecnologia para facilitar a vida do seu público de um modo específico. Mas o princípio é sempre o mesmo. Ela busca inovar para fazer melhor, de um jeito mais prático e com maior competitividade frente às soluções habituais do mercado.

Além disso, outra vantagem da operação digital é reduzir desperdícios. Modelos mais burocráticos consomem também mais recursos.

— É o fim dos papéis, documentos e burocracias monstruosas. Nossa solução possui uma pegada de carbono quase nula — comenta Carlos Nakazawa, cofundador e diretor de tecnologia da BoletoFlex.

Solução para compras parceladas no boleto

Ainda vale destacar uma enorme inovação no comércio eletrônico.

A BoletoFlex é pioneira no Brasil em uma tecnologia que permite parcelar compras sem cartão de crédito. Para isso, oferece o boleto parcelado como forma de pagamento integrado ao checkout da loja virtual. Desse modo, dá mais flexibilidade ao consumidor na hora de escolher como pagar.

Grandes marcas já utilizam a BoletoFlex. Estão entre elas Multilaser, Positivo, Mobly, Balaroti e muitas outras parceiras.

Essa alternativa ao cartão de crédito traz vários benefícios ao negócio.

— Pode esperar aumentar seu ticket médio em até 80% com nossa solução — destaca Felipe Marcondes, head de relacionamento e cobrança na BoletoFlex. Além disso, pode aumentar a quantidade de produtos por carrinho e a taxa de recompra.

Ou seja, a BoletoFlex é uma fintech que ajuda lojas virtuais a vender mais.

Melhor ainda, o pagamento ao lojista pela compra acontece de forma integral e em até 48 horas. Assim, a loja virtual pode focar em vender. Enquanto isso, a BoletoFlex cuida de todo o resto. É zero risco de fraude e inadimplência para as lojas parceiras.

Por trás dessa operação há muita segurança, um time técnico especializado e uma infraestrutura robusta.

— Investimos pesado em análises preditivas, sistemas antifraude e, acima de tudo, nosso valor principal é a integridade — reforça Leandro Machado, cofundador e cientista de dados na BoletoFlex.

Quer saber mais? Então, visite a página para lojas. Nela você saberá mais como uma fintech pode impulsionar seu negócio.

Rodapé com fundo em azul, celular e texto descritivo sobre fintech, que é o assunto do artigo.

Como Analista de Marketing e Conteúdo, estou sempre desenvolvendo materiais que enriquecem o dia a dia de nossos clientes, mostrando como a BoletoFlex acelera a evolução dos pagamentos digitais e transforma vidas.