fbpx Skip to main content

A prática do “compre agora, pague depois” já é conhecida pelos brasileiros. Ou seja, estamos falando do famoso comprar a prazo. A novidade é que esse costume ganhou o mundo por meio dos serviços de BNPL.

Pode parecer estranho, mas lá fora a opção de pagamento parcelado em diversas vezes é pouco difundida. Isto é, era pouco difundida. Algumas fintechs estão mudando rapidamente esse cenário e até fazendo o público se despedir do cartão de crédito.

Isso mesmo! O fenômeno “compre agora, pague depois” traz uma alternativa ao cartão na hora de parcelar compras.

Em seguida, saiba mais sobre esta solução e por que a procura por ela está cada vez maior.

O que é “compre agora, pague depois” ou BNPL?

“Compre agora, pague depois” — ou buy now, pay later (BNPL), no inglês — é uma opção de pagamento que permite parcelar as compras em diversas vezes. Isso ocorre por meio de outro conhecido dos brasileiros: o boleto.

Ela é bastante útil na hora de adquirir produtos de maior valor, como bens duráveis. Então, o consumidor pode comprar móveis para casa, eletrodomésticos, uma TV de última geração ou um celular sem precisar guardar dinheiro para pagar à vista.

Quem explica melhor esse contexto é Pedro Noll, diretor de marketing na BoletoFlex:

— O brasileiro já possui uma cultura de crediário muito forte. No exterior, o comum é o pagamento em até quatro vezes sem juros. Já no Brasil, as pessoas estão acostumadas a parcelamentos mais longos com tickets mais altos — ele esclarece.

A BoletoFlex é pioneira nesta solução de pagamento no Brasil. Inclusive, tem um movimento próprio, chamado “compre agora, pague flex”. Isso ressalta a flexibilidade de poder comprar sem cartão de crédito e parcelar em até 24 vezes.

Enquanto isso, lá fora, outros serviços de BNPL conhecidos são PayPal Credit, Afterpay, Affirm e Klarna, segundo levantamento da C+R Research.

Basicamente, tais soluções fornecem um crédito ao consumidor para que ele parcele a compra no boleto, enquanto o lojista recebe o valor à vista. Ou seja, é um modelo de crediário, agora adaptado às compras on-line.

No caso da BoletoFlex, a taxa de juros por esse crédito é a partir de 1,99% sobre a compra.

Foto colorida de casal usando notebook para comprar parcelado segundo o fenômeno bnpl, ou compre agora, pague depois.“Buy now, pay later” é um fenômeno mundial

Durante a pandemia, só no Brasil o e-commerce ganhou mais de 13 milhões de novos consumidores, de acordo com a Ebit | Nielsen. Mas o brasileiro não está muito contente com as opções de pagamento habituais. Uma pesquisa da Nuvemshop mostra, por exemplo, que meios de pagamento engessados impedem 80% do público de comprar na internet.

Nesse sentido, o limite do cartão de crédito é um empecilho aos sonhos de consumo de muita gente.

— Tendo em vista que a maioria dos brasileiros adultos não possui cartão de crédito e os que possuem têm um limite médio de R$ 1.500, a BoletoFlex veio dar flexibilidade e permitir liberdade nos parcelamentos — comenta Noll.

Entretanto, esse é um fenômeno global. Nos Estados Unidos, o uso do “compre agora, pague depois” cresceu 50% entre 2020 e 2021, segundo a The Ascent. Já a PYMNTS aponta um crescimento de 85% entre um ano e outro.

Enquanto isso, no Reino Unido, quatro em cada dez pessoas já usam algum serviço de BNPL. Mais ainda, 9.5 milhões de britânicos evitaram comprar de lojas que não oferecem “compre agora, pague depois”.

Em todo o mundo, o mercado de BNPL deve movimentar 680 bilhões de dólares em 2025, estima a BusinessWire

Vantagens do “compre agora, pague depois” para o consumidor

As pesquisas são bem claras sobre a opção ser vantajosa para o público. Então, destacamos alguns dados sobre BNPL.

  • 44% dos consumidores no Reino Unido usam BNPL pela facilidade e conveniência. (Finder)
  • 55% dos clientes nos EUA consideram a facilidade de uso, enquanto 55,6% destacam a possibilidade de parcelar o pagamento. (PYMNTS)
  • 25,5% ainda dizem que não seriam capazes de adquirir o item desejado sem o “compre agora, pague depois”. (PYMNTS)
  • 62% dos consumidores que usam BNPL poderiam até substituir de vez o cartão de crédito. (The Ascent)

Essa facilidade é ainda mais evidente no caso da BoletoFlex. Para escolher o pagamento parcelado no boleto, o consumidor só precisa visitar uma das lojas parceiras e selecionar essa opção no fechamento da compra. Em seguida, o pedido de crédito é analisado em instantes e de forma 100% digital.

Lojistas também ganham com BNPL

Por fim, vale destacar que o “compre agora, pague depois” ainda ajuda as lojas virtuais. Mas de que modo?

Em primeiro lugar, porque ela dá mais liberdade de compra a um público que ficava excluído do e-commerce. Especialmente, os mais jovens.

Nesse sentido, um estudo da Afterpay revelou que 42% dos consumidores da Geração Z (nascidos entre 1997 e 2010) e 69% dos Millennials (entre 1981 e 1996) não compram sem a opção BNPL.

Além disso, as pessoas compram mais com ela. Metade dos consumidores afirmam gastar entre 10% e 40% a mais no “compre agora, pague depois”, segundo a Cardify.

No entanto, o resultado para os lojistas pode ser ainda melhor.

— Você pode esperar aumentar seu ticket médio em até 80% com nossa solução. Além disso, pode aumentar a quantidade de produtos por carrinho e taxa de recompra — afirma Felipe Marcondes, head de relacionamento e cobrança na BoletoFlex.

Entendeu agora por que o fenômeno do “compre agora, pague depois” está crescendo tão rápido? Então, saiba mais sobre como funciona a BoletoFlex, pioneira nesta solução no Brasil.

Rodapé com fundo azul e texto.

Como Analista de Marketing e Conteúdo, estou sempre desenvolvendo materiais que enriquecem o dia a dia de nossos clientes, mostrando como a BoletoFlex acelera a evolução dos pagamentos digitais e transforma vidas.